Textos

Mensagem de Eduardo Roseira, de Portugal
DEPOIMENTO

Um dia recebi um e-mail do poeta Goulart Gomes em que referia que o "lavra...Boletim de Poesia", foi a primeira publicação períódica na Europa, a dar espaço fixo ao POETRIX.

Confesso que no fundo, embora sentindo uma alegria e orgulho por tais palavras, não deixei de sentir pena pelo facto de ser uma publicação de alguns amigos, (chegou a ter aproximadamente 190 assinantes/pagantes), produzida de forma artesanal embora com o apoio às novas tecnologias, num canto cá de casa, a dar a conhecer uma nova forma da arte de palavrear a poesia em vez de algumas publicações que insistem sempre na mesma tecla e na mesma gente.
Da minha parte, o "lavra...Boletim de Poesia" apenas cumpriu o seu papel, que era o de difundir a Poesia, a Cultura e as artes, e a par do novo, dar voz às palavras dos consagrados, A. M. Couto Viana; Rodrigo Emilio, antónio vera e outros, lado a lado com os "antónios" e "marias", muitos dos quais publicaram pela primeira vez os seus poemas em diversas formas de estilo, entre os quais se encontrava o POETRIX.

Concluíndo, mais do que ser o "primeiro", o que importa sempre, é divulgar a arte e a cultura, das quais o POETRIX alcançou lugar importante, através do "navegador" da palavra de seu nome Goulart Gomes, que deu uma nova forma de usar as palavras ao Mundo das letras e da poesia.

No que me toca, foi uma honra divulgar o POETRIX e embora com o "lavra...Boletim de Poesia", no que respeita ao papel publicado, estar em estado de hibernação, irá voltar em breve, na internet, com um espaço e link's dedicado ao POETRIX.

Parabéns ao MIP, ao Goulart Gomes e a todos os que fazem parte do POETRIX.

Vila Nova de Gaia, 22 de Julho de 2009

eduardo roseira
"lavra...Boletim de Poesia"
Poetrix
Enviado por Poetrix em 23/07/2009
Alterado em 30/07/2009


Comentários