Textos


MELHORES POETRIX DE SEMPRE -  2001 a 2007

Estes são os poetrix e duplix eleitos como MELHORES DO ANO pelos integrantes do Grupo Poetrix. Para participar do grupo envie um e-mail para poetrix-subscribe@yahoogrupos.com.br

 

MELHORES POETRIX E DUPLIX DE 2007

TRINADOS DE UMA GUITARRA À BEIRA TEJO// SÃO TEMORES
(Martinho Branco // Eliana Mora)

É nas árvores // reféns de uma floresta
que o canto // de um poeta, a lamentar
ganha asas // cristalinas gotas - de luar

 

PRÉ-NATAL
(Marilda Confortin)

Dilato, contraio, ardo.
Estou prestes a parir
Mais um ano bastardo

 

MELHOR POETRIX DE 2004

Agenda cheia
(Eliana Mora)

Marquei encontro comigo.
E [como sempre]
não fui.

 

MELHORES POETRIX DE 2003

Fútil
(Armando Leal)

sinto-me vazio e escrevo.
as letras parecem pedras,
e doem-me os gestos.

 

MORTE
(Anthero Monteiro)

uma cadeira vazia na alameda
sentada numa tarde de outono
a olhar o meu ponto de fuga

 

MELHOR POETRIX DE 2002

ORTOGRAFIA
(Anthero Monteiro)

uma gaivota só
um til sobre a palavra
imensidão

 

 

MELHOR POETRIX DE 2001

PESSOIX
(Goulart Gomes)

um terço de mim delira
um terço de mim pondera
outro terço: ah! quem dera!

Poetrix
Enviado por Poetrix em 20/01/2008
Alterado em 19/02/2008


Comentários