Textos

CIRANDA POETRIX: BEIJO
POETRIX sobre o tema BEIJO, escritos pelos integrantes do Grupo Poetrix (poetrix-subscribe@yahoogrupos.com.br)


Coleta e  Organização:  Hércio Afonso em 13/04/2008
Observação:  Nos textos a grafia  dos poetrix  permanece  como foram postados.  


O primeiro  poetrix cujo título é "Beijo"  é de autoria de Aila Magalhães, data de 12/09/2001

Beijo
(Aila Magalhães)

Desidratada,
Minha boca chora a saudade
De teus molhados beijos!

Em 06/10/2001 - Lourenzo

Beijo Reflexo 0

Nada como beijar a boca estranha,
Que se entrega e abocanha.
Reflexos de beijos convexos.

Beijo Reflexo 1

Nada-se nas correntezas língua...
Que será desta saliva que escorre
Sobre nossos corpos?

Beijo Reflexo 2

Molhados em chuva de desejos,
Buscamos a boca do santo gral,
A boca do beijo reflexo.

Beijo Reflexo 3

Quando os espelhos de lábios diversos,
refletem o infinito...
O beijo então se encontra.

Lorenzo

Em 10/10/2001

Beijo Inesperado

Tocou um vento de lábio,
Nem língua chegou,
Apenas seus lábios: Ficou.

Lorenzo

Em 11/10/2001 - o primerio duplix com Beijo

Beijo Inesperado Beijo Bom
(Lorenzo ) (Lílian Maial)


Tocou um vento de lábio, // devastador
Nem língua chegou, // lavando o céu
Apenas seus lábios: Ficou. // boca doce de mel


Em 25/11/2001

Geometria do beijo

O beijo cônico espiralado,
Em boca inscrita
No polígono do desejo.

Lorenzo

Em 29/11/2001

Série : BLUE MOON
Marcelo Marques


TESOURO OCULTO (Série Blue Moon)

Tesouro escondido, encontrado,
Sob o rico vestido, decotado...
Nesta noite de um ano dourado.

©Marks 2001 - 29 / 11

ANOS DOURADOS (Série Blue Moon)

Sob a Lua de Prata,
de um ano Dourado,
Vou despir-te o Glamour, o prazer e o pecado.

©Marks 2001 - 29 / 11

AQUELE BEIJO (Série Blue Moon)

Te quero meu desejo, meu poema,
Quero aquele teu beijo
no escurinho do cinema.

©Marks 2001 - 29'11
  

BEIJO

Foi tão rápido aquele beijo
Que não vi a estrela cadente
Mas senti o céu tremer.
(Hércio Afonso)

em 03/12/2001

BEIJO

No céu da sua boca
Busco as estrelas
Na ponta da língua.
(Hércio Afonso)
BEIJO

Naquele beijo
O céu desceu à terra
Minha língua virou estrela.
(Hércio Afonso)

Aí, em 04/12/2001 o  segundo duplix  com "Beijo"

BEIJO  /  ETÉREO
Hércio Afonso Lílian Maial

No céu da sua boca // onde encontro meu espaço
Busco as estrelas // e vejo-te luz
Na ponta da língua. // mergulho sedenta de sonhos

e o terceiro Duplix com "Beijo"

BEIJO SIDERAL
Hércio Afonso / Lílian Maial


Foi tão rápido aquele beijo // parecia um cometa
Que não vi a estrela cadente // nos teus olhos
Mas senti o céu tremer. // abalo cósmico


ainda em 04/12/2001  

O BEIJO I

Leve, breve, profundo...
Amoroso, prolongado...
No fundo, saboroso.

(Martinho Branco)

O BEIJO II

O toque, eterno, rude.
Brando, sentido, amado.
Vivido.

(Martinho Branco)

O BEIJO III

Informal, mima-nos o rosto.
Singular, adoça-nos a boca.
Sem igual, aguça-nos o desejo.

(Martinho Branco)

O BEIJO IV

Invulgar, torna-se louco.
Profundo, ateia-nos o prazer.
Exímio, sabe-nos a pouco.

(Martinho Branco)

BEIJO DE AMOR

Judith de Souza

Existe um halo de magia
no congelar da imagem
antes dos lábios de tocarem.
E m 05/12/2001

Beijo

Beijo (Aila Magalhães)

Minha boca
Em tua boca
Línguas de mesmo idioma.

Em 06/12/2001

castidade

o beijo da manhã
que vasto
me devassa

eliane malpighi®
6.3.01

te embeber com beijos
e me afogar
em teus desejos

eliane malpighi®
20.2.01

poesia líquida

teu beijo
(d)escrevendo
em minha boca

eliane malpighi®
6.3.01

em 20/12/2001

Beijo.

Ela, para o beijo,
Abriu os lábios.
Os pequenos!
(Hércio Afonso)  

poetrix  que  posteriormente  foi  modificado para


O Beijo
            Hércio Afonso®

Para ele
ela abriu os lábios
os pequenos.

  
Em 13/01/2002

Beijo Real
          lílian maial

língua majestosa
boca plebéia
lábios guardam o cetro

Em 16/01/2002

Beijo na Boca

A língua é pouca
se o beijo na boca
é loucura e paixão.

© Nathan de Castro

Em 25/01/2002

APELO AO PASSADO VIVO
Judith de Souza Oswaldo Martins

Procuro//Um instante ido,
um beijo//Cumprido, prazer prometido,
roubado//E nunca esquecido.

Em 20/02/2002

BEIJO-CANTO-TRADUÇÃO

Meus versos são cantos de desejos,
que saem de certas bocas
como traduções e beijos.

Marcelo Marques
©Marks 2002
Em 07/04/2002

Beijos de seda *
        Martinho Branco

Fruir
serenamente...
o néctar dum sorriso

* Expressão de Lílian Maial

E m 11/04/2002

Teu beijo
(Beto Quelhas)

Consegue calar
Palavras ausentes
Retidas no olhar
Em 12/04/2002 - Em homenagem ao dia do beijo

Espontâneo

Se te amarrasse no tronco
e aplicasse chibatadas
será que me beijarias??

Eliana Mora, 12/4/02
O QUINZE
Djalma Filho

Se treze
foi o dia do beijo,
ontem foi o dia da língua.

Estrelário

No céu de minha boca:
Teus beijos
estrelam.

Angela Bretas ( do baú)


Em 13/04/2002

Beijo beijo beijo


a ti
E a saudade me açoita
Vê se sai detrás da moita!!!

El, 13/4/02

É nessa época foram muitos os beijos
Eis-me aí novamente em 13/04/2002

"Variações sobre o mesmo tema" de 2001.
Todos os tercetos têm o mesmo nome: Beijo

(Hércio Afonso)


Beijo
(Hércio Afonso)®

Bocas que se unem
Línguas que tocam o céu
Degustam prazer


Beijo
(Hércio Afonso)®

Lábios que se calam
Línguas que lambem o céu
De tanto prazer


Beijo
(Hércio Afonso)®

Bocas que se colam
Línguas que correm o céu
Elos do mesmo prazer


Beijo
(Hércio Afonso)®

Bocas que se unem
Línguas que brincam
No céu do prazer


Beijo
(Hércio Afonso)®

Bocas que se unem
Línguas que brincam
No céu, o prazer


Beijo
(Hércio Afonso)®

Lábios que se tocam
Línguas que sugam o mel
Nas bocas, o céu.


Beijo
(Hércio Afonso)®

Lábios que se tocam
Línguas que sugam o mel
Nas bocas, oh céus!


Beijo
(Hércio Afonso)®

Lábios que calam
Línguas que soltam o fel
De tanto prazer.


Beijo
(Hércio Afonso)®

No céu da sua boca
Busco as estrelas
Na ponta da língua.


Beijo
(Hércio Afonso)®

O beijo foi tão intenso
O olhar, sem mesmo olhar
Só estrelas cadentes.


Beijo
(Hércio Afonso)®

Naquele beijo
O céu desceu à terra
Minha língua virou estrela.


Beijo
(Hércio Afonso)®

Na busca da lua
Língua com língua
Faltou o astrolábio.


Beijo
(Hércio Afonso)®

Lábio com lábio
Na busca das estrelas
Minha língua: astrolábio.


Beijo
(Hércio Afonso)®

Foi tão rápido aquele beijo
Que não vi a estrela cadente
Mas senti o céu tremer.


Beijo
(Hércio Afonso)®

Pimenta ou canela
Qual gosto daquele beijo?
Baunilha, o sabor dela!


Beijo
(Hércio Afonso)®

Primeiro beijo
Lábios acariciando
O céu a descoberto.


Beijo
(Hércio Afonso)®

O primeiro
Línguas tocando lábios
Receio do pecado.


Beijo
(Hércio Afonso)®

Pimenta e canela
Aroma que vinha dela
Degustei toda a via láctea.


Beijo
(Hércio Afonso)®

Num beijo só
Senti a força da língua dela
Meteoritos chisparam o céu.


Beijo
(Hércio Afonso)®

No do céu da sua boca
Fiz-me astronauta de dia e na noite
Não dormi de toca.


Beijo
(Hércio Afonso)®

Tua boca aberta na madrugada
Fiz pentatlos
Atleta nos teus sonhos.


Em 13/04/2002

BEJOS & BEIJOS

Boca a minha, louca...
Na tua boca
Que beija de mansinho.

    (Antonio Carlos Menezes)

UAU

Secura de lua
de beijo e doçura
se-cura em ti
    ©Eliana Mora, 27/dec/01

Em 27/04/2002 - o primerio selinho

inevitável//beijo pioneiro

nunca mais//a emoção do
nosso primeiro//pulsar no
beijo//selinho matreiro.

sonia//Jussara

Em 10/05/2002

Beijo
Martinho Branco

Tangem guitarras em flor
teus lábios
saudades e desejo


E m 11/05/2002

BEIJOS SAFADOS
(Marcial)

Beijos apaixonados...
corpos colados...
dizer mais o que??? Censurado!!!


LÁBIOS PEDINTES

(Marcial Salaverry)

Lábios pedintes... gostei bastante...
Para eles, apresento
uma boca suplicante...


SONAMBULISMO
(Ceci Pinheiro)

Meus beijos
sonâmbulos
vagaram de boca em boca!

Ceci:

Dormindo...
com beijos sonhou?
e como acordou?

Marcial

Em 13/05/2002


ULTIMO BEIJO

Mesmo quando meus olhos fechar...
e deixar de respirar...
ainda muitas bocas quero beijar...

Marcial

Em 14/05/2002

DERRADEIRO

Judith de Souza

mesmo após o desejo
nossas bocas agonizarão
um último beijo


ULTIMO SUSPIRO

Aquele doce beijo,
derradeiro desejo...
no último suspiro...

Marcial


BEIJO DO ADEUS

Um último olhar...
um doce beijo...
para não se olvidar...

Marcial

Em 18/05/2002

POETRIX DOS BEIJOS

Beijos teus
Beijos meus
Juntemo-los, pois...

Marcial

Em 10/06/2002

BEIJO FATAL I

Judith de Souza

sugaste minha boca
até a última gota
e eu abri minha porta

BEIJO FATAL II

Judith de Souza

suguei a tua boca
até a última gota
e alcancei tua alma

Poetrix
Enviado por Poetrix em 05/05/2008
Alterado em 21/04/2011
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (AOS AUTORES). Você não pode criar obras derivadas.


Comentários